20 de janeiro de 2009

so... CUM AND GET IT!!!


…E quando uma pessoa pensa que já viu tudo…





…encontra-se por acidente, inbound Londres, com uma antropóloga cinquentona, de ascendência polaca, casada com um egípcio, que tem casa nas Caldas da Rainha.





Até aqui nada de impressionante…





A antropóloga está neste momento a colaborar no lançamento de uma revista britânica. Mostrou-me o nr. 0 da revista, que está muito bom. Then again, vão ter de ser feitas algumas alterações no #1, porque o #0 mostra “too much skin”. E mostra. Após demorada conversa, em que os pontos em comum são sempre enaltecidos, surge o entusiasmo em conhecer outras pessoas, contactos trocados, convites feitos, convites aceites. Sou capaz de colaborar com a revista em breve.



A revista, entre vários artigos interessantes, tinha uma nota que me deixou curiosa. Ou desconfiada. Uma das duas.

Uma receita chamada “creamy cum crepes”. Sim, é mesmo isso. (Se houver alguém interessado em conhecer a receita eu envio-lha). Fui procurar o livro de onde essa receita foi tirada.


Chama-se Natural Harvest e diz assim:


“Semen is not only nutritious, but it also has a wonderful texture and amazing cooking properties. Like fine wine and cheeses, the taste of semen is complex and dynamic. Semen is inexpensive to produce and is commonly available in many, if not most, homes* and restaurants. Despite all of these positive qualities, semen remains neglected as a food. This book hopes to change that. Once you overcome any initial hesitation, you will be surprised to learn how wonderful semen is in the kitchen. Semen is an exciting ingredient that can give every dish you make an interesting twist. If you are a passionate cook and are not afraid to experiment with new ingredients - you will love this cook book!”


"Querido, já estragaste tudo*!!!
Não te disse que queria fazer pudim?"








*E lá está: e se se acaba?? Não é propriamente como a farinha, que se vai pedir ao vizinho do 2º esquerdo (que por sinal é bem giro...)!!!

9 comentários:

Maldonado disse...

Já tinha lido, em tempos idos, que o sémen tinha propriedades hidratantes para a pele, mas esta notícia é de Marte! :D
É desta vez que alguns homens irão ser ordenhados até à exaustão... Já estou a imaginar as leitarias que surgirão... :-O

de Marte disse...

Já existem, só que para outros fins... como... a reprodução! :)

Pois, só se lembram de pôr gente no mundo!!!! Se a matéria-prima é a mesma, em vez de andarem a sobrepopular a terra, pensassem em alimentá-la!!!

"ah e tal... acabar com a fome no mundo? naaaaaaao...
vamos fazer bancos de esperma mas para pôr mais gente na terra!"

(...burros...)


Mas Maldonado,
quanto à tua preocupação para com os camaradas machos e a ordenha... não me parece que vão surgir muitas associações de defesa dos pobres homens! Não te preocupes...

(mas falando a sério, faz-me um bocadiho de confusão esta coisa de cozinhar fluidos humanos... por mim: PASSO!)

Maldonado disse...

Tens razão. Mas nós só sobrepopulamos com a vossa ajuda, senão tal seria tecnicamente inviável... :))
Algumas de vocês querem sentir-se realizadas como mulheres na maternidade, mas solteiras (sejam lésbicas, bissexuais ou heteros), então ah e tal recorrem a um gajo como dador de esperma, contribuindo assim para a reprodução da espécie à escala planetária...
Quanto a esta cena de se cozinhar sémen, agora vocês já não têm desculpa para não engolirem... ;)
Agora a sério: utilizar fluidos humanos na culinária é uma subtil forma de canibalismo... :-O

de Marte disse...

Então e... pura e simplesmente "engolir"? I mean, sem estar cozinhado... Não é igual?
"Cozinnhado ou não cozinhado", eis uma não-questão no pseudo-quasi-canibalismo... certo?!?!

Maldonado disse...

Pois, a inversa também pode ser verdadeira... adoro a tua perspicácia... :-O
Seja como for, cada uma engole o que gosta... ;)
Estou sempre a aprender contigo e sempre a considerar-te! :))

de Marte disse...

A aprender cmg?
Ehehehe, não me dês tanto crédito!
:)

Beijos meus

Pêndulo disse...

Poderia fazer uma adenda com a receita para eu linkar este post num blog em que sou convidado?

Pêndulo disse...

Já a encontrei !

de Marte disse...

Puxa, Pêndulo!
Que rápido!

...E faz jus ao nome.
Ora está cá, ora já cá não está!!!

Seja bem aparecido e volte sempre... e vá... e volte... e vá...

;)

Beijos de Marte