4 de fevereiro de 2009

prostitutas do relax

O Afectado abriu o jornal e, após ler repetidas vezes os vários anúncios da categoria “Relax” decidiu postar. E com razão.


A gaja de Marte, ao ler o post do afectado lembrou-se que já andava a querer escrever sobre isto há muito tempo, mas esquecia-se sempre de o fazer.



Vamos então ao que interessa:


Quem não gosta de passar os olhos pelas fotos que mandam para o DN, para a categoria “Relax”??


Eu sei que eu gosto!


Às vezes podia querer procurar emprego, ou casa, ou carro (coisas inúteis e – pfff – legais)…


…mas o que realmente prende os olhos no suplemento dos classificados são as fotos com ou sem rosto, mas sempre com bundas 42 e peitinho XL.


Aaaaaaaaadoro! Simplesmente adoro!



Elas são meninas, mulheres, ora casadas, ora sós, à procura de companhia. (E de pagamento, porque a água e a luz não se pagam sozinhas!)



Uma coisa é certa: são todas “boas comó milho”, corpinho de atleta, e todas têm um peitinho copa DD – para quem não sabe, são precisas duas mãozinhas para segurar cada balãozinho desses! (Daí a necessidade de inventar o gang bang, ou para que é que achavam que servia? Julgavam que eram correntes de amizade masculina, não?)



Ainda assim, continuo a crer que as anunciantes são boas raparigas, muitas estudantes (porque os códigos Civil, de Direito Penal e Direito Comercial não são baratos!). E como estudar pode ser uma pain in the ass, ao menos se for para doer, que doa por algum motivo! E toca a ser bailarina exótica, ou a celebrar um contrato de aluguer ou ACD (aluguer de curta duração), mas ao menos as clausulazinhas estão bem redigidinhas!!!


A julgar pelo que escrevem devem passar algumas dificuldades, as coitadas, porque estão todas “esfomeadas”. É triste, mas verídico. Elas dizem sem vergonhas, nos textos que publicam, que comem tudo. Não deixam nenhuma gotinha. Imaginem lá a fominha que estas Marias Madalenas passam… Até se me cai uma lagriminha…


E algumas passam dificuldades tais que nem têm uns trocos para ali ao mini-preço comprar uma lâmina. É o caso de algumas que vão logo avisando que, como não há pilim e elas não são accionistas da Veet nem da Gillette, mantém as pilosidades. É o caso da “peludinha” ou “mulher pêssego”. É assim, é tudo à francesa!


E por falar em francesa, elas também fazem espanholada. (Não, alter ego, espanholada não é uma variante que envolve pilinha e maminhas... Naaaaaao!! Espanholada é uma dança!!! Olé!)


[acho que ele acreditou…]



Parece-me que as gajas não devem ter falta de amigos que as alimentem, porque a maior parte delas é roliça ou cheiinha, ou tem carne para ser agarrada, dizem elas. [Quando, ainda umas linhas acima, tinham corpo de atleta… Eu percebo! Elas não disseram de que tipo de atleta! Provavelmente têm corpo de atleta olímpica de lançadora do dardo, do disco ou do martelo. Daquelas moçoilas com um arcaboiço de meter medo!] Não admira que andem sempre esfomeadas, as pobres coitadas!



E já que falamos de atletismo, será que praticam exercício físico? (mais uns minutos dedicados à leitura dos classificados e voilà!, eis que aparece a referência!). Não só fazem como promovem o exercício entre os clientes – para além do sexo, claro.


Alter ego: Sexo? Ah este post era sobre sexo???


Eu: Pronto, pronto, voltamos às metáforas senão o alter-ego passa-se!


(Concentra-te! o tema era “exercício físico”)…


Pois é! As raparigas armam-se em Personal Trainers e toca a brincar à apanhada. Foi o que descobri quando li em vários anúncios “adoro pegada”, “vem me pegar” e outras expressões afins, todas referentes à actividade física. Muito saudável. Um bem-haja a estas beneméritas...


E se nos Jogos Olímpicos, nalgumas modalidades de atletismo, o que vale é a melhor de três, na vida real estas criaturas de Deus, como sabem que a vida é dura, e às vezes o desempenho não faz jus à preparação física dos seus amigos, ainda dão de bónus uma 2ª tentativa. Isto é que é serem amiguinhas, não é? Digam lá...!



Ah, e são poliglotas! (Sim, porque dizer “aaaai aaaaaai” ou “oooooh oooooooh” em diferentes línguas não é pêra doce!)



No final de tudo, o que mais me enternece é que quase todas são umas verdadeiras cavalheiras, e como são umas românticas, ainda oferecem um botão de rosa… :p


(e esta questão, alter ego, é melhor nem abordarmos, para bem da tua sanidade!!! Eheheh!)

7 comentários:

Maldonado disse...

O que me fartei de rir com este post! Está demais! Tu tens o demo na criatividade! :))
De facto todas essas meninas propagandeiam demasiadas virtudes, às quais se aplica a desconfiança do santo perante tanta esmola...

afectado disse...

estou petrificado! cada vez me surpreendes mais com a tua escrita! está excelente o post!!

elas se calhar ficaram com corpo de atleta (das tais do martelo, dardo e afins) porque são gulosas. quer dizer, pelo menos algumas dizem que o seu bumbum o é...

eu não sei que nunca lá fui, mas não duvido do gosto por certas guloseimas!

de Marte disse...

Maldonado,
são umas queridas, estas ninãs. No fundo promovem a saúde e o bem-estar.
Devia haver empresas de marketing por trás destas moças (salvo seja, claro...).

de Marte disse...

Afectado,

Uuuuuui, as gulosas!!
Esqueci-me de referir as gulosas! Tens razão, as gulosas glutonas gulosazonas... Depois não queriam ter bundas extra-large? A comer guloseimas a direito e a direito... :P

de Marte disse...

Ehehe, e esqueci-me de agradecer aos fieis seguidores os elogios.
Desta vez o agradecimento vai para o Afectado por ter-se lembrado de tão sumarento assunto.
Realmente foi só dedilhar o que me ía surgindo na cabeça.
Grande tema, sim sr!

Quanto ao Maldonado, tenho q ir lá comentar aquele video dos vegetais que está lindo! Não sei se já disse, mas eu ADOOOOOORO vegetais... (ai nãaaaaao!!!)

Maldonado disse...

OK. Esperarei pelo teu comment, no teu habitual estilo marciano... :))

de Marte disse...

Já lá está! :P