18 de fevereiro de 2009

Macaquinho de imitação!!!

Avisam-se os grupos de risco (crianças, crentes, crespos e afins) que a linguagem que se segue poderá ser potencialmente ofensiva. Gratuitamente ofensiva. Poderá ferir a sensibilidade de algumas borboletas.
Quando toda a gente bi-neuronial (at least) já tinha rido do Presidente da República e do Primeiro Ministro por virem pôr-se em bicos de pés por causa duma missiva que um speechwritter de 13 anos do Obama terá escrito...
...vem o Dom Sebastião do jornalismo agitar as águas... ah, Leão!!
Diz o Crespo:
Ai, carédo (isto é "credo", dito à Maria Ruef), "melher"! Aqueles possidónios dos PR e do PM põem-se logo aos pulos só por receberem um cartãozinho do nigga mais conhecido do mundo. Aquele, o O'bamba, o lá o que é. Um que é assim esturricadinho...
São mesmo insuportáveis, os gajos!!! De certeza que vão guardar religiosamente o raio do cartão, os tontinhos. Só faltava emoldurar. Hão-de passar-se anos e anos e eles vão ter aquilo guardadinho. Devem pensar que um dia o vendem no e-bay! E ainda vêm para a televisão mostrar estas coisas e falar sobre elas e tal... Que grandes ineptos! Só porque o O'bamba assinou... Tristes!
Bem, mas já que aqui estamos e eu agora não me lembro assim de mais nada para dizer, e uma vez que estamos em directo, na minha rubrica semanal, vou mostrar-vos uma coisa que, por coincidência, encontrei ali num cantinhno em casa quando andava à procura do cão do tio do Sócrates para o torturar, porque ele sabe de muita coisa, viu muita coisa enquanto foi guarda no Ministério do Ambiente. Ele sabe muita coisa mas não conta nada... Só ladra!!! Mas, como eu aprendi em Washington, two can play that (barking) game!

Bem, adiante: estava eu a procurar o cão do tio do Sócretes, dei um pontapé num calhau, e o que vejo? Adivinhem lá?? Um cartão de Natal que recebi dos Clinton no ano de 1753, mais coisa menos coisa. O postalinho é assim giro, é de Natal, tem temas de Natal, está gastinho e velhinho e até tem uma piquena manchita branca (é do Bill, o maroto! Eu sabia que valia a pena guardar o cartão!!!).
No postal a família Clinton deseja à minha família (à MINHA, ok? Não é a outra...) um Feliz Natal e um Ano cheio de coisas boas. E não é que eu tive mesmo um óptimo Natal em 1753 e um ano prosperérrimo em 54? Foi tudo graças ao casal Clinton.
Abençoados sejam, e abençoada a cunha que meteram no céu para eu conseguir ter esse ano fantástico. E os Clinton não mandaram o postal para a família Silvinha, não!!! Nem para o Pinto de Sousa, não senhor!!!
Isso é que era bom!
Mandaram para MIM! E se eu fosse parolo e julgasse que isto dava notícia vinha, como o PM e o PR, para a tv mostrar, babado, o meu postalinho! Que não é naaaada daquilo que eu estou a fazer... naaão...!!
Isto é que é um cartão. (Agora cá um registo protocolar...)
Pffff! Manientos!...
(Bem, vou só ali roer mais um bocadinho de basalto da calçada porque os meus dentes ainda não estão suficientemente medonhos...)
Até já, cherries!
A excelência constante de conteúdos trazidos pela CBS de Marte... em 60 minutos...
Tic, tac, tic, tac!

6 comentários:

Maldonado disse...

O Crespo escreveu isto?! Olha que não deixa de ter razão... ;)

afectado disse...

E eu recebi um postal de carnaval do Zé Manel da taberna. Pimba, ganhei!

de Marte disse...

Maldonado,
O crespo não escreveu nada. Apenas foi pra Sic, em directo no Nós por Cá, mostrar o postalinho enviado pelos Clinton. Haja pachorra!


Afectado,
Faz um forward do postal, faz... :( Eu ainda não recebi nada!


:P

Kisses
Mars

masseur disse...

ahahah achei uma piada ao teu post

Karlytus disse...

mordaz.. gostei.. só és assim uma vez por mês? loooool

Beijokas sarcásticas.. hehe

de Marte disse...

Masseur,
este post foi iniciado ainda com o Crespo na tv a mostrar o postalinho! Estava a ferver, a Marciana! :)


Carlytus,
Se tivesses atento aos meus posts vias que sou "assim" quase sempre! :p
Tenho q pôr datas nos posts. É que nem é tarde nem é cedo!! :p


Aos dois, cumprimentos
de Marte