31 de janeiro de 2010

Lou-Lou? Oui, c'est moi...


Deixa-me ver se percebi:
A Constituição da República, no seu Artigo 13º (o da Igualdade), proíbe a discriminação baseada, entre outros, no género, certo? Certo.
Uma altura houve em que até foi criado um pelouro, (novamente, o da Igualdade), para combater essas injustiças, lembram-se? Lembram-se com certeza.
Bolas, então e o Chico Balsemão não sabia disso quando pensou na Sic Mulher?? Ninguém viu aqui uma tremenda inconstitucionalidade? Ou o Chico tem estatuto especial no Mundo por ser um menino-bonito do grupinho Bilderberg?
Há alguma paridade nesta coisa da Sic Mulher? Onde é que está a Sic Homem?? Onde é que está um canal que mostre os interesses masculinos?, por exemplo carros e tipas nuas - ou semi?? Ou melhor ainda: carros à barda conduzidos por tipas nuas - ou semi-, em circuitos dentro de estádios olímpicos, enquanto no meio se joga uma bela partida de um qualquer desporto colectivo, (disputado por… mulheres nuas - ou semi)? E, já agora que estamos numa de pedir desejos, o programa TV Turbo despedia a caixinha-de-óculos e punha a Sasha Grey como apresentadora...
Só há mentes brilhantes para ir falar às Tardes da Júlia ou às Manhãs da Fátima, é? Só há cidadania activa a partir das 02h30 da matina, para ligar para o Quem Quer Ganha? Lembrarem-se de ler a Constituição é que não, né? Deve ter herpes, o livro.

Outro exemplo é o dos ginásios, ambiente inicialmente másculo, tresandante a testosterona: quem é que deixou criar ginásios só para mulheres? Quem é que, do alto da sua capacidade inventiva, decidiu desbravar o inatacável caminho na não-paridade-desde-que-seja-a-favor-das-mulheres?
Não é que os homens tivessem grande interesse em ir para esses ginásios dos circuitos de 30 minutos, ver as celulites dar luta às madames, mas isto não é uma questão individual, é um assunto moral. Lixa-me pensar que um gajo não possa ir a um ginásio destes. Quem é que quer ir para um ginásio onde não há gajos? Quem é que põe a hipótese de ir para um ginásio sem ser para exibir as formas, lançar guinchos lânguidos de exaustão fingida, morder o lábio every now and then (quando o PT, coincidentemente, está a olhar), empinar o rabo, corrigir a postura elevando o peito até parecer que se subiu mais um degrau no alfabeto-da-medida-dos-soutiens? Quem é que sequer pondera frequentar um sítio onde não se pode engatar alguém?; onde, fruto do horário serôdio, uma tipa não pode enganar-se na porta e entrar, distraidamente, noutro balneário? (Eu sei quem é que já lá foi parar… J)
Pronto, entusiasmei-me: retomemos o fio à meada.
O que eu queria era ver alguém ousar abrir um ginásio que dissesse, na porta, “MENINA NÃO ENTRA”. Era a prostituta da insanidade: vinham os media para cobrir o acontecimento, apareciam os grupos de feministas a querer queimar as camisas xadrez de flanela em frente à Assembleia da República. E isto sim, era uma hecatombe, se tivermos em consideração que estas não usam soutien nem fazem depilação. (Compreende-se assim que a flanela seja um mal menor…). Enfim, tudo era possível se se pensasse num ginásio “machos-only”. Ah pois, mas como são ginásios para mulheres já se pode brincar às inconstitucionalidades, não é?

Afinal queremos igualdade, desigualdade ou something in between? J

12 comentários:

afectado disse...

a igualdade será sempre impossível de alcançar.

Vani disse...

Toda a gente sabe q os bildercoiso são umas das familias illuminati que querem controlar o mexilhão. Não há melhor controlo que a estupidificação massiva e maciça.

Mas excluamos o runaway project disso. E o world nex supermodel of the world, faxavori. Não misturemos as coisas, pelise.

:D

Cirrus disse...

Eu concordo inteiramente!!! Tens-me à disposição para apelar em manifestação com ou sem camiões à porta de S.Bento! Desde que seja em horário pós-laboral.

E não me venham dizer que os Venus e Playboys são canais só para homens!!! As meninas gostam e vêem!
(Já agora, será que dás um toque aos gajos da Playboy para fazerem fastforward nos programas? É que aquilo é a um ritmo de caracol... é bom devagar, mas parado...

de Marte disse...

Afectado,
por mim a desigualdade está JUST FINE! :D

de Marte disse...

Vani,
não conheço muitas pessoas que saibam quem são os Bilderbergs e o que é que se vai fazer nessas reunioezinhas do tupperware...

Mas deixa-me que te diga que se eles decidiram que a Sic Muchacha deve continuar a ter esses programas da moda, pois assim será!! (O Sócrates até gosta e tudo...)

:)

de Marte disse...

Cirrus,
Combinamos já essa manif para um horariozinho que te dê jeito, homem! De facto, Venus e Playboy não são só pra homens. As raparigas vêem, gostam e reproduzem. Olaré se o fazem.
Por acaso se fizeres uma pequena sondagem a maior parte das mulheres dir-te-á que não vê. Ok, e também não posso dizer-te que estão toooooooodas a mentir. Assim, sinjamo-nos a factos: em Marte consome-se e aprecia-se pornografia.
Pah, posso tentar falar com os tipos da Playboy para deixares de ter a sensação "andem lá com isso!!!" :)Mas podias experimentar reclamar... Ainda acabavas por receber umas ofertazinhas e tudo. :P

Cirrus disse...

Penso que uma menina a reclamar seria mais ouvida... E se for verde, ui...

Mulheka disse...

Epá, eu não tenho cabo (de Tv, de TV) mas às vezes vejo esses programazitos de moda eheh.

Vani disse...

Oh pah, não sei porque mas gosto de constatar que modelos e estilistas são humanos como nós... :D

Vani disse...

Quanto às venus e playboys, não contem comigo faxavori.Trauma de infância.

Sobre isso só consigo dizer belheque. Embora reconheça o deu valor didáctico. Se bem que tb transmitam expectativas demasiado altas, às tantas aquilo é mais circo que outra coisa...

Mars disse...

Prostituta da insanidade é capaz de ser a segunda melhor expressão que já li até hoje.
A primeira é "Não faço o amor como quem come tremoços".

Olha lá, isso da igualdade e desigualdade é tudo muito bonito e o camandro, mas eu só gostava que me explicasses o que são esses Jótas que aparecem de quando em vez a meio dos textos, pá.

Maldonado disse...

1. "(...) o programa TV Turbo despedia a caixinha-de-óculos e punha a Sasha Grey como apresentadora..."

Nunca vi esse programa, mas parece-me boa a sugestão. ;)

2. De facto a SIC Mulher e o Viva Fit são exemplos de apartheid conveniente de géneros, por isso concordo contigo em género, número e grau.