23 de junho de 2009

Quem quer entrar no meu sonho põe o dedo no ar!! Pronto, podes ser tu aí, o do caparro!!!

Hoje vi o meu sono interrompido às 8 e pouco da manhã por um som frenético que vinha da rua. Acordei sobressaltada e dei conta que estava a sonhar com o Cristiano Ronaldo. Não que o rapaz me acenda nenhuma faísca desconhecida, mas eu estava a gostar do meu sonho, pelo que resolvi dormir mais duas horinhas e ver no que dava!

Pois claro que nessas duas horinhas de sonho encontrei-me com o CR uma data de vezes, andei no jardim a passear com ele. Ele só queria festa a toda a hora, é certo. E por festa eu não estou a referir-me ao São João… quero dizer mesmo cama. Sexo. A toda a hora. E eu, pudibunda, dizia que não. Dizia-lhe “mas pensas que eu sou como as outras?” (a típica conversa que todas as raparigas têm para se sentir especiais!)


E aí era ver o tipo usar os mais subtis jogos de sedução para me conquistar… e os menos subtis também! (Ficar nu à minha frente é bastante directo. Um ponto em “Assertividade” para o CR7.)


Engraçado foi, num desses momentos em que namorávamos (pudibundamente, lembrem-se) num parque ou jardim ou que era, ele dizer-me: “Tu cuidas tão bem de mim! Belisca-me, para eu acreditar que não estou a sonhar.” [Ora, pois não estavas a sonhar, CR. Eu é que estava, tá? Mas achei giro pores as coisas nesses moldes. (Que até fui eu que pus, porque quem escreveu o guião do sonho fui eu.)]


Além disto, o Cris tinha uma casa perto do Aeroporto de Lisboa, que era muito frequentada por… muita gente. Vi de tudo, desde sexo no sofá, entre duas pessoas tapadas com um lençol, até umas reuniões maçónicas com símbolos e bandeiras e coisas assim. Na casa do CR tirei tudo o que trazia nos bolsos e na mala (o BI, umas chaves, moedas – coroas suecas – e rebuçados “Flocos de Neve”) e fui andando com ele, para conhecer a casa. Tinha escadas para cima e para baixo e depois o andar de baixo era, de repente, o andar de cima outra vez. (nem nos sonhos o meu sentido de orientação me deixa bem vista!)


No dia seguinte, já ao fim da tarde ele mandou um carro com chauffeur vir buscar-me porque tinha muitas saudades minhas. E depois ligava-me e mandava SMS fofinhas. (ehehe, os media enchem-me a cabeça e eu nem dou conta !) Era o pesadelo de qualquer mulher independente… ou nem por isso!


O chauffeur era um bocado marado a conduzir e íamos batendo num autocarro que estava à nossa frente. Na minha janela apareceu um display para eu escrever o meu nome. Escrevi. Ao que parece ficou visível no topo do carro o meu nome, mas eu não sabia. As pessoas é que começaram a olhar para dentro do carro para ver se a cara era conhecida, uma vez que o nome não o era. Não, é claro que não me reconheceram. (o pior é que eu também não as reconheci… e não sei se estão a ver o preocupante da questão: fui eu que fiz o recrutamento e selecção do pessoal figurante no meu sonho!!!) J


Depois disto, quando cheguei ao pé do menino-prodígio, fomos passear de carro – eu a conduzir, ele acabou por adormecer – e depois fomos à caça. (Nem me atrevo a tentar interpretar…)



Ah pois é… quantas de vocês é que já foram à caça com o Cristiano Ronaldo? J Isto é só para gente muito marada. Mas muito marada mesmo…


15 comentários:

francis disse...

ahahahahahahahahahahahahah menina esperta...tá bem tá.

Maldonado disse...

Com o CR? Isso não é um sonho, é um pesadelo... :))

de Marte disse...

Francis,
não tive culpa!!! :) O cris Apareceu e eu fiz dele o que me apeteceu.
Muito parecido com a realidade, portanto...


:P

de Marte disse...

Maldonado,
já estávamos a sentir a tua falta, que é como quem diz "que é feito de ti, hein?? às paradas gays vais e aqui a este ponto de encontro fantástico baldas-te? é assim que se vê os amigos!"

:P

pronto, mas já estás de volta e eu sou um coração mole!

e por falar em coração... cristiano... tás cá dentro! eheheheh!!!

Spica disse...

OMG! És muito muito marada mesmo!!
E a quantidade de visitas que agora vais ter só por teres a sequência de palavras "CR-nú-sexo" no blog? Ah poi!

(O tal trocadilho é, basicamente, como se escreve 'happy meal' em "linguagem matemática" (já tá no blog. lol)).

Blossom disse...

ocupar os nosso sonhos com essa personagem não é sonhar é ter um pesadelo do pior. Mas como nos nossos sonhos há sempre um lado bom da coisa, imagino que ele, sempre que abria a boca, dizia alguma coisa de jeito, vá...bem dita, bem falado. É que o rapaz é só mesmo cifrões, porque de resto...nem com uma bandeira de Portugal enfiada nas trombas...por amor à pátria!

de Marte disse...

Spica,
O teu trocadilho está demaaaaaaaaaaaaaaaais!!!!

Bem, e quanto às pesquisas que vêm dar ao meu blog... Vou ter de criar um post aceerca disso. Até coro um bocadinho com o raio das pesquisas! Não são, digamos, muito abonatórias!! :) depois vês!

Chuack!

de Marte disse...

Blossom,
No meu sonho ele falava bem.
É certo que não recitava poesia, mas era bem falante. E falava de temas interessantes!! Eheheh. Estava todo feitinho à minha medida, claro!
Afinal de contas quem lhe punha os balões (como na banda desenhada) a sair da boca era eu, né? :)

perfeeeeeito perfeeeeeeito!
É... Este CR estava para mim como o raio da cerveja para o Bruno Nogueira...

Vani disse...

LOOOOOOOOOOOOOL, o maldonado tirou-me as teclas dos dedos...

Vani disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
de Marte disse...

Oh Vani,
fogoooooo! Humpf! :(

Era um sonho... a marcianita não teve culpa. E o rapaz era bem interessante!! :)

Cirrus disse...

O teu sonho reflecte uma coisa interessante - ninguém gosta dele, ninguém lhe dá valor (em Portugal, claro - no resto do mundo, é um deus).

Quem desdenha...

de Marte disse...

Ah pois é, Cirrus.
Cá é tratado pelos media como um VIP e é desdenhado pelo resto dos portugueses.
é só "imbeija"...

Inês e Mafalda disse...

Que riso ;) Como é que eu não descobri este blog mais cedo??? Ai ai ai ;)

de Marte disse...

Inês e Mafalda...


SPREAD DA WORD, SISTA!!! SPREAD DA WORD!!! :)