27 de fevereiro de 2010

palavra de escuta

Perguntaram-me hoje, no seguimento de conversas sobre a Protecção Civil, o caos, as intempéries e as catástrofes naturais, se eu tinha andado nos Escoteiros / Escuteiros.
A resposta foi um rotundo não. De facto os meus pais sempre tiveram intenção que eu iniciasse a minha vida-sexual-emparceirada (no mínimo) na adolescência.

6 comentários:

Vani disse...

qual é a diferença entre essa malta toda? escutas, escuteiros, escoteiros, guias...???

Miguelismas disse...

(comentário típico português)
"Podia ser pior!"
-Podiam ter-te obrigado a seres Testemunha de Jeóva e assim perders a "os 3" por volta dos 30 ou 40 anos... :D!

de Marte disse...

Vani,
não faço ideia. Sei que já me tentaram explicar, e julgo que uma das formas está ligada à Igreja Católica e outra não, mas de tão enfadonho o tema, não retive nada! :)
Não sou a entidade certa para te responder. Talvez a Wiki... ;)

de Marte disse...

Migelismas,
Bem sei que o tema religião é coisa para te dar fight e que tens um um pequeno ódio de estimação pelas Testemunhas...
...mas aos 30 ou 40?!?! Isso explicaria muita coisa... Pobres jeovázios. :(

Maldonado disse...

Nos escuteiros?!
Ainda se fosse meteres-te na droga, isso era de homem, agora nos escuteiros!

http://www.youtube.com/watch?v=aK_n1DwOWmQ

de Marte disse...

:) É verdade!!!
E o dia até me estava a correr bem, a ser violado por dois lenhadores e um urso e ainda a ficar sem uma perna e apanhar a minha mulher na cama com um moçambicano. Com a vantagem de antes ainda ter pisado cocó e toda a gente sabe que isso é sinónimo de ganhar dinheiro, quiçá o euromilhões, não é?!

E vai-me aquele mariconço inscrever-se nos escuteiros?!?! :)

(foi bem apanhada, maldonado, mto bem apanhada...)